O mundo está cada vez mais digital e a presença do seu negócio nas redes sociais deixou de ser uma opção, e hoje é quase uma obrigação. Se você ainda não utiliza as redes sociais para impulsionar a sua farmácia de manipulação, saiba que você está dando espaço para que o seu concorrente chegue até o seu cliente!

Em 2020, o brasileiro passou cerca de 3 horas e 31 minutos por dia conectado nas redes sociais, de acordo com um relatório publicado pelo Hootsuite (ferramenta profissional de gestão de mídias socias). O Facebook ficou em 1º lugar como rede social mais utilizada no Brasil, seguido pelo WhatsApp, YouTube e Instagram respectivamente.

Mas não basta sair atirando para todos os lados, e realizar postagens nas redes sociais sem fazer um bom planejamento. Apesar da frequência ser importante se tratando de redes sociais, ofertar seus produtos incansavelmente ou publicar informações aleatórias sem uma estratégia cuidadosamente definida, dificilmente irá fazer você atingir o sucesso.

Então, como você deve utilizar as redes sociais para atingir os principais objetivos da sua farmácia de manipulação? Veja a seguir.

 

Conheça seu público

Você realmente conhece o seu público-alvo? Apesar de geralmente acreditar que temos uma boa ideia de quem é nosso público, na prática isso pode não ser verdade.

Seu público vai muito além de sexo, faixa-etária, classe social. Você já se perguntou quais são os anseios e aspirações dos seus clientes? Como eles buscam por soluções para os seus problemas? Como passam o seu tempo livre nas redes sociais? Como tomam as suas decisões de compra?

Talvez você tenha uma resposta para todas essas perguntas, mas se você chegou a elas sozinho(a) apenas com o poder da observação, as respostas podem não ser fiéis aos verdadeiros desejos de seus clientes.

É claro que observar o seu negócio é um excelente ponto de partida. Mas para conhecer bem o seu público, você deve fazer mais do que isso.

Analise seus concorrentes: Acesse periodicamente as redes sociais de seus concorrentes. Quais deles estão obtendo sucesso com suas publicações? Como eles conversam com seus clientes? Como o público interage (ou não) com suas postagens? Que tipo de conteúdo tem mais engajamento (curtidas, compartilhamentos, comentários, etc.)? O que você pode fazer de diferente para atrair o seu público?

Realize Pesquisas: Você poderá realizar pesquisas digitais (utilizando ferramentas como o formulário de pesquisas do google) ou também pesquisas rápidas no seu ponto de venda. Com algumas perguntas simples: O que seu cliente costuma fazer nas horas vagas? Quais são os horários que ele mais acessa as redes sociais? Que tipos de conteúdo ele mais gosta de acessar? Como as redes sociais influenciam em seu processo de compra? Como ele toma as decisões de compra?

Defina uma persona: Uma persona é definida pelas principais características que se repetem em seu público. Com os dados coletados nos processos anteriores você poderá cria uma pessoa fictícia definida pelos principais costumes, nível educacional, condições de vida, seu tempo para realizar compras, principais aspirações e desejos. Crie um nome fictício, e elabore uma pequena história com tudo o que foi coletado. Por exemplo:

Maria tem 32 anos, casada, tem 2 filhos e um carro popular na garagem. Maria trabalha em torno de 9h por dia, e quando chega em casa ainda cuida dos filhos e das tarefas domésticas, portanto, não tem muito tempo. É ávida por produtos cosméticos e de higiene pessoal, realiza a maioria das compras on-line e no seu tempo livre gostar de ficar nas redes sociais ou de assistir séries na Netflix.

Lembrando que um negócio pode ter várias personas. Uma persona que procura por produtos dermocosméticos para pele madura provavelmente terá características diferentes de uma persona que busca por soluções para melhorar o seu desempenho esportivo. Tenha isso em mente e desenvolva comunicações direcionadas e com a linguagem apropriada para os diferentes tipos de persona. Um bom ponto de partida é definir personas para os 3 principais produtos de sua farmácia.

 

Defina uma estratégia

Agora que você conhece seu cliente, é preciso definir a sua estratégia digital. Para isso, siga os seguintes passos:

 

Você precisa de um objetivo

O que você pretende alcançar com as redes sociais? Aumentar suas vendas? Promover um produto? Melhorar o reconhecimento de sua farmácia? Seu objetivo de comunicação funciona melhor se estiver bem alinhado com os objetivos do seu negócio.

Esse objetivo precisa estar bem definido. Este objetivo é relevante para a sua farmácia? É alcançável? É possível medir os resultados? Você detém todos os recursos necessários para realizá-lo (tempo, investimento e pessoas)? Qual o prazo para realizá-lo? Um exemplo de um objetivo bem definido é: Quero ganhar 1000 seguidores no Instagram de forma orgânica no período de 1 ano.

Você poderá definir um objetivo diferente para cada rede social ou então um objetivo que envolva várias redes sociais. Mas não se esqueça de sempre fazer as perguntas mencionadas no parágrafo anterior.

 

Em quais redes sociais devo direcionar mais esforços?

Você deve que estar onde seu cliente está! Não adianta estar presente em todas as redes sociais disponíveis, pois os esforços serão imensos e os resultados podem decepcionar. Tenha uma boa frequência de postagens e foque naquelas redes que conversam melhor com o seu público. É melhor fazer um trabalho bem feito em 2 redes socias do que um trabalho mediano em 5.

O Facebook e o Instagram costumam ser um bom ponto de partida para quem está iniciando nas redes sociais.

 

O que vou postar, como e quando vou postar?

Com um trabalho de pesquisa conciso e a sua persona bem definida fica mais fácil saber que tipo de conteúdo ofertar para as suas personas (ou público-alvo). Capriche em seus posts, evite postagens com muito texto ou o excesso de imagens obtidas a partir de bancos de imagens. Apareça mais para os seus clientes, exiba fotos reais de seus produtos, use e abuse de vídeos, memes e conteúdos que possam trazer informação e provocar a interação com os usuários.

Cuidado com a propaganda! Utilizar as redes sociais APENAS para promover os seus produtos pode gerar um impacto negativo na percepção do seu consumidor. Estudos apontam que a proporção correta para realizar um bom trabalho nas redes sociais é oferecer 80% de conteúdo relevante e apenas 20% de propaganda.

Lembre-se de fazer um cronograma incluindo o conteúdo programático para as suas postagens, determinando o melhor dia e horário em há uma melhor interação com o seu público. Quase todas as redes sociais fornecem ferramentas que ajudam a definir o melhor dia e hora para suas postagens, bem como a programação de posts para data/hora futuras. Também é possível fazer a gestão de mídias socias utilizando ferramentas como: Hootsuite, Buffer ou Mlabs.

 

Trabalhando com Influencers

Uma boa maneira de impulsionar a sua farmácia de forma orgânica (sem pagar por publicidade nas plataformas) é utilizando digital influencers como ferramenta de alavancagem. E você não precisa ir atrás do “influencer mais badalado do momento” que possui milhões de seguidores, para você conseguir bons resultados.

Pense: Se você é uma farmácia local que atua apenas em sua cidade ou então em até no máximo uma ou duas cidades vizinhas, porque trabalhar com um influenciador digital que conversa com 1 milhão de pessoas em nível Brasil? Muito provavelmente, um percentual baixíssimo de pessoas que seguem esse influenciador estará em sua área de atuação.

Procure por influencers e microinfluencers que conversam com pessoas das regiões que você realmente atende e que consumam o seu produto. Observe quem interage com as postagens deste influenciador. São realmente potenciais clientes? Analise o perfil dos seguidores deste influenciador baseando-se nas personas que você criou previamente. Avalie também quais produtos poderiam se alinhar com o perfil deste influencer.

Por fim, entre em contato e verifique o que é necessário para estabelecer uma parceria. Se o influencer for bem escolhido, provavelmente os resultados compensarão o investimento. Fica a dica: Pense local!

 

Avalie seu desempenho

Por mais que uma estratégia pareça perfeita, quase sempre ela precisará sofrer alguns ajustes ao longo do percurso para que seu desempenho possa ser melhorado.

A maior parte das redes sociais oferece recursos suficientes para você poder analisar o que realmente está funcionando e o que precisa melhorar. Ferramentas como o Facebook Business e o Insights do Instagram fornecem análises precisas de desempenho para você reavaliar a sua estratégia digital.

Quais posts tem mais curtidas? Com o que o seu público está interagindo mais ativamente? O que está sendo mais compartilhado? Você não vai querer perder tempo e recursos produzindo conteúdo que não gera engajamento para a sua farmácia. Foque naquilo que te traz resultados!

Se nada está funcionando, ou você não vê uma evolução no conteúdo que você publica, está na hora de rever a estratégia utilizada.

 

Dicas para trabalhar bem com o Facebook e o Instagram

Como mencionamos anteriormente, focando apenas na propaganda, você provavelmente não terá bons resultados, portanto capriche no conteúdo e na informação. Imagens chamativas, gifs, memes e galerias de imagens podem ser alternados para aumentar o interesse e evitar que o conteúdo fique cansativo para os seus seguidores.

Os Stories possibilitam trazer mais proximidade e intimidade com seus seguidores. Como os stories são exibidos apenas por 24h, são uma ótima oportunidade para mostrar um pouco mais do seu dia a dia ou dos bastidores de sua farmácia. Vídeos curtos de até 15 segundos que tragam informação, tirem dúvidas de seus clientes, ou então um tutorial rápido de utilização de seus produtos, são conteúdos provavelmente relevantes para a sua audiência. O Instagram disponibiliza inúmeras ferramentas dentro dos Stories que ajudam a provocar interação com os seus seguidores. Disponibilize um tempinho para testar cada uma delas.

Histórias ou depoimentos de pessoas que já utilizaram os seus produtos, assim como fotos reais de clientes satisfeitos (mediante a aprovação prévia) também ajudam a aumentar a confiança e traz veracidade para o conteúdo de sua farmácia, sendo que os Influencers e microinfluencers também se encaixam muito bem nesta função.

Vídeos geralmente tem altas taxas de interação com o público, tanto no Facebook quanto no Instagram. Um detalhe que devemos nos atentar, é a proporção do vídeo. Conteúdos com mais de 1 minuto no Instagram deverão ser gravados com a câmera na vertical, pois este conteúdo será inserido dentro da plataforma IGTV do aplicativo, que suporta vídeos de até 10 minutos. Já o Facebook funciona melhor com vídeos curtos gravados preferencialmente com a sua câmera na horizontal. Se possível, adicione legendas ao seu vídeo, pois muito usuários preferem não ativar o áudio ao consumir este tipo de conteúdo em redes sociais.

O Reels do Instagram também vem ganhando espaço desde a popularização do TikTok. Assim como no TikTok, é possível publicar vídeos curtos, sendo que o tempo máximo disponível para o Reels é de até 30 segundos, contra 1 minuto do concorrente.

As Lives em ambas as plataformas também tem gerado resultados positivos, principalmente no último ano. Defina um tema atraente para a sua Live, faça um post previamente informando o dia, horário e a plataforma em que será exibida para notificar seus clientes. Se possível, tenha convidados que possam agregar ainda mais valor à sua Live. Isso ajuda a atrair mais pessoas e aumenta o tempo de permanência durante a transmissão. Uma conversa é melhor do que um monólogo não é mesmo?!

Lembre-se de sempre responder as mensagens enviadas por seus seguidores e também os comentários realizados em seus posts o mais rápido possível. Essa interação é importantíssima para mostrar que a sua farmácia está sempre presente e pronta para dar suporte.

 

Dicas para trabalhar bem com o WhatsApp

Se você utiliza uma conta pessoal para o WhatsApp de sua farmácia, saiba que você está fazendo isso errado!

A melhor maneira de extrair todos os recursos que a ferramenta WhatsApp oferece para empresas é utilizando a versão business do aplicativo. Com o WhatsApp Business é possível criar ou transformar a sua conta pessoal em uma profissional.

Dentre os recursos que o WhatsApp Business pode oferecer, destacamos as estatísticas e análises de desempenho de suas comunicações, automação de mensagens e etiquetas que permitem categorizar conversas e grupos dentro do aplicativo.

Você pode disponibilizar um telefone só para esta função, ou então utilizar o aplicativo em um telefone com suporte para 2 chips. O WhatsApp Business requer um número de telefone para ser atrelado, e você não vai querer transformar por engano a sua conta pessoal em uma conta profissional. Por isso, recomendamos que caso não seja um usuário familiarizado com o universo digital, disponibilize um aparelho de telefone em sua farmácia exclusivo para esta função.

O WhatsApp é uma ferramenta excelente para tirar dúvidas e dar suporte aos seus clientes. Mas atenção! O WhatsApp Business não é uma ferramenta para você enviar publicidade com grande frequência. Por ser extremamente direto e pessoal, essa prática pode incomodar e afugentar seus clientes. Caso queira comunicar alguma novidade ou lançamento, os Status podem cumprir bem essa função.

 

Outras redes para se ficar atento

Existem ainda outras redes sociais que devemos ficar de olho e que podem fazer parte da estratégia digital da sua farmácia.

 

YouTube

O YouTube é uma plataforma de compartilhamento de vídeos e também uma das redes sociais mais acessadas do Brasil. O YouTube possui usuários fiéis que passam horas por semana consumindo conteúdo relevante.

Criar um canal e compartilhar conteúdo técnico/informativo pode ser uma boa maneira de atrair o seu público e aumentar ainda mais a sua presença digital.

Para o Youtube, nem sempre os vídeos curtos e rápidos são a melhor solução. O perfil de seus seguidores dentro da plataforma e o tipo de conteúdo que você disponibilizará, irá influenciar muito para determinar a duração ideal dos seus vídeos.

Um fator negativo (ou não), é que fazer vídeos para o YouTube podem demandar um alto investimento de tempo. Vídeos são mais trabalhosos, e a ferramenta exige uma certa periodicidade nas postagens para que seja mantido um bom engajamento. Do contrário, todo trabalho realizado poderá ser desperdiçado.

 

Twitter

Mais uma ferramenta para se ficar de olho. O Twitter é uma das redes sociais mais populares no mundo todo, onde é possível ficar por dentro e interagir com os assuntos mais comentados do momento. Você poderá criar seus Tweets com textos de até 280 caracteres, que podem ser ou não acompanhados de vídeos e/ou imagens. O Twitter é uma ferramenta para dinâmicas rápidas, gerando conversas curtas, portanto, a informação aqui deve ser bastante objetiva.

No Twitter também é possível coletar insights para a produção de conteúdo atual e relevante, que pode ser compartilhado também em outras redes socias. Verifique os Trending Topics do Twitter!

A nossa percepção é de que a interação com conteúdo do mercado magistral publicado nesta plataforma ainda é baixa se comparado a outras redes sociais. Portanto, caso não tenha o tempo e os recursos necessários para realizar um bom trabalho dentro desta plataforma, recomendamos deixa-la em “stand by” por enquanto.

 

TikTok

Outra ferramenta para se observar mais de perto. A popularidade do TikTok vem aumentando em um ritmo assombroso, principalmente entre os usuários mais jovens, quebrando recordes e mais recordes de downloads. Definitivamente o TikTok já é um fenômeno mundial.

Nesta plataforma é possível criar vídeos curtos de até 1 minuto que ficarão disponíveis para toda a sua comunidade.

Por atrair um público mais jovem, o que normalmente funciona aqui são vídeos de humor e entretenimento. Mas por ser uma ferramenta muito recente, isso pode mudar. Talvez seja apenas uma questão de tempo para outros perfis de usuários começarem a utilizar também esta plataforma.

Esperamos que este post lhe ajude a aumentar a sua presença digital, gerando bons negócios para a sua farmácia.